DF ganha fórum de mobilidade por bicicletas

 

DF ganha fórum de mobilidade por bicicletasFoto: Brito – 03/09/2010

Grupo fará o acompanhamento das ações de incentivo ao uso de bikes

BRASÍLIA – O Distrito Federal terá, a partir de agora, um fórum composto por representantes de várias secretarias articulados com especialistas e com a sociedade civil organizada para acompanhar a implantação da Política de Mobilidade por Bicicleta, que pretende colocar o DF na liderança nacional no uso desse meio de transporte.

 

“Foi criado um comitê que elaborou a política para o uso de bicicletas. Agora estamos na segunda etapa da política, quando esses projetos são postos em prática, e esse fórum terá a função de acompanhar e fiscalizar a implantação”, afirmou o representante do Comitê Gestor da Política de Mobilidade Urbana do DF, Paulo Alexandre Passos.

 

Com diretrizes divulgadas (26/07/2013) no Diário Oficial do DF, o fórum terá representantes da Casa Civil; das secretarias de Governo, de Transportes, de Habitação, de Educação, de Obras e de Turismo; além de representantes do Departamento de Trânsito do DF (Detran).

 

“Além dos representantes governamentais, o fórum também terá, através da Secretaria de Governo, articulação com representantes da sociedade civil e com especialistas em mobilidade”, completou Passos.

 

POLÍTICA – O Plano de Mobilidade Por Bicicleta do Distrito Federal prevê o estímulo ao uso das bikes como política de Estado por razões ambientais, urbanísticas e de saúde pública.

 

Com quatro grandes projetos, o plano prevê a construção de uma malha de 600km de ciclovias e ciclofaixas integrando todo o Distrito Federal, que colocara o sistema local como um dos maiores do mundo.

 

Além disso, o plano terá programas para o uso das magrelas para o transporte escolar, a criação de faixas de lazer nos fins de semana e de um sistema de empréstimo de bicicletas públicas, além de ações de educação para o trânsito e respeito ao ciclista.

O Bike PE chega à Olinda

A cidade passa agora a integrar o primeiro programa intermunicipal de compartilhamento de bicicletas do Brasil

Por Ana Cláudia Ribeiro

 Cinco estações do Bike PE foram instaladas em Olinda, sendo duas na orla, uma na Praça 12 de Março, uma na Praça do Carmo e uma no Varadouro. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

Cinco estações do Bike PE foram instaladas em Olinda, sendo duas na orla, uma na Praça 12 de Março, uma na Praça do Carmo e uma no Varadouro. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

Sistema Intermunicipal de Compartilhamento de BicicletasBike PE, já está em pleno funcionamento na cidade. Cinco estações foram instaladas em Olinda, sendo duas na orla, uma na Praça 12 de Março, uma na Praça do Carmo e uma no Varadouro. O sistema é uma parceria da Prefeitura com o Governo do Estado e será operado pela Serttel/Samba com o apoio do Itaú/Unibanco.

Ele funciona da seguinte maneira: o interessado faz seu cadastro através do site www.bikepe.com.br, onde será cobrada uma taxa de R$ 10. Para os usuários do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM), esta taxa é anual, para os demais ela é mensal. As bicicletas estão à disposição todos os dias da semana, das 6h às 22h e poderão ser usadas por 30 minutos ininterruptos, quantas vezes por dia o usuário desejar.

Entretanto, após esta meia hora, o ciclista deve entregar o equipamento em qualquer estação e respeitar um intervalo de no mínimo 15 minutos antes de sair novamente. Para continuar utilizando a bicicleta, sem fazer a pausa, serão cobrados R$ 5 por cada 30 minutos subsequentes.

Atualmente, a implantação de um sistema cicloviário no município está sendo estudado pela Prefeitura. Este sistema pretende interligar a ciclofaixa da PE-15 (que será recuperada), com a ciclovia em construção na Orla. Para isso, está em andamento a implantação de ciclovias nas margens dos canais Bultrins e Fragoso, entre outras iniciativas.

Serviço

Informações: | www.bikepe.com.br